3 estratégias de marketing para vender produtos digitais

Tempo de leitura: 5 minutos

O empreendedorismo digital é sem dúvida uma grande oportunidade para você poder ter mais liberdade, trabalhando com o que gosta. Mas para que o seu negócio digital não seja apenas um plano B, mas torne-se algo consolidado você vai precisar investir em estratégias de marketing. Vender produtos digitais é muito mais do que pensar em preço, é preciso oferecer valor aos seus clientes. No artigo de hoje nós vamos te mostrar três estratégias matadoras que vão alavancar o seu negócio digital.

Como vender produtos digitais?

1- Sistema de afiliados

A estratégia número 1 que você deve investir é o marketing de afiliados. A grande vantagem do empreendedorismo digital é poder ter acesso a um mercado onde os lucros têm grande escalabilidade. Isso se deve, entre outras coisas, ao alcance da internet e a possibilidade de automatizar diversos processos.

Ao investir em marketing de afiliados você como empreendedor ganha inúmeros aliados para o seu negócio. Por meio do serviços de plataformas como a Hotmart você pode aumentar exponencialmente suas vendas através dessa estratégia.

Os afiliados que promovem o seu produto digital na internet ganham comissões por cada venda que conseguem efetuar. Desse modo, como você pode observar, ao empreender você pode melhorar financeiramente a vida de outras pessoas. Por meio desse sistema de afiliados a união faz a força e todos ganham mais.

2- Produção de conteúdo em blogs

Na era da informação, a produção de conteúdo é um grande diferencial para impulsionar as vendas de qualquer empresa. Não basta apenas estar presente na internet através das redes sociais, por exemplo. É preciso interagir com os clientes de modo a criar um relacionamento.

Ninguém gosta daquele tipo de abordagem de vendedor que quer ganhar no grito e empurrar o produto a qualquer custo. Os consumidores estão munidos de informação e por isso mais exigentes. Buscam produtos e serviços diferenciados que os valorize e que atendam as suas necessidades.

Mas como produzir conteúdo? Bom, primeiramente você deve conhecer o perfil do seu cliente potencial. Hoje em dia a expressão público-alvo está ficando em desuso, pois é mais eficiente fazer um planejamento de vendas pensando em um perfil de cliente ideal que chamamos de buyer persona. Com base nas personas, você poderá produzir um conteúdo que gera identificação e tem mais audiência daqueles que se interessam pelo o que você vende.

Para produzir conteúdos mais aprofundados, é ideal que você invista em blogs e não se limite às redes sociais. Além de ser mais apropriado a leitura de textos maiores, o blog é um espaço efetivamente seu e você não fica vulnerável a possíveis mudanças que possam haver nas redes sociais. Também é possível disponibilizar vídeos, fotos e áudios no blog, enriquecendo o seu conteúdo e a experiência do usuário.

Num tempo em que tudo se pesquisa no Google, investir em produção de conteúdo facilita que as pessoas encontrem seus produtos na internet. Outra vantagem é a possibilidade de concretizar o sucesso de sua marca, tornando-a mais humanizada e mostrando os valores que ela defende.

O marketing de conteúdo é portanto uma forma de vender sem parecer que você está vendendo, assim as pessoas vão se aproximar de sua marca de forma espontânea e no momento ideal concretizarão a compra. No caso dos produtos digitais isso é ainda mais importante, pois as pessoas procuram por conhecimento na internet e podem reconhecer você como uma referência no assunto.

Quem entrega conteúdo de valor hoje é mais bem visto pelo cliente, pois ele se torna grato e além de efetuar a compra ainda recomenda o produto para outras pessoas. Esse processo é que chamamos de conversão.

3- Investir em boas Landing pages

Sabe aquela página que você vai parar nela quando clica em um resultado de busca ou em um anúncio de banner ou links patrocinados? Pois é. Elas são as Landing pages que funcionam como a página de apresentação do seu negócio. É portanto a a vitrine do seu produto digital, e por isso deve ter uma boa estética e ter um bom conteúdo. Porque como diz o ditado a primeira impressão é a que fica.

As landing pages são fundamentais para a geração dos chamados leads, que são os potenciais clientes de uma empresa. Por exemplo, quando você fornece um e-book de forma gratuita as pessoas interessadas são remetidas para uma landing page, onde terão que colocar pelo menos seu nome e e-mail para baixar o material. Isso serve para que seu negócio possa ter uma lista de e-mails de seus potenciais clientes com os quais vai poder se relacionar de forma mais direta enviando a eles o conteúdo que procuram. E por meio desse relacionamento você conseguirá vender os seus produtos digitais.

É importante ressaltar que todas essas informações que você vai obter são dadas pelo próprio cliente e que essas práticas fazem parte do que hoje conhecemos como marketing de permissão. O cliente permite que você envie conteúdos para ele porque se interessa pelo assunto do seu negócio.

Viu só quantas estratégias você pode adotar para vender produtos digitais e começar a ganhar dinheiro trabalhando com o que você gosta? Aproveite as oportunidades do empreendedorismo digital e monte o seu próprio negócio. Nós podemos te ajudar nesse processo. Fique ligado no nosso conteúdo que é feito especialmente para tirar todas as suas dúvidas sobre esse mercado.
E se você gostou desse artigo e quer aprender mais sobre como vender produtos digitais, leia esse post sobre a importância do funil de vendas.

Sobre Media Labs

Media Labs é formado por um grupo de profissionais apaixonados por internet que já vivenciou todo o tipo de aventura que você pode imaginar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *