5 dicas para definir um CTA matador

Tempo de leitura: 2 minutos

O CTA (Call to Action) é um item indispensável para sua estratégia de marketing de conteúdo. É ele que mostra para o visitante do seu site a ação que você espera dele. Ainda tem dúvidas sobre como criar o CTA perfeito? Neste blog post separamos algumas dicas para você mandar bem neste quesito. Acompanhe.

Escreva uma mensagem clara e objetiva

Existe um consenso entre profissionais de marketing de que o bom call to action deve ser entendido e assimilado pelo público em até cinco segundos.

Por isso, fuja de textos longos que podem gerar dupla interpretação. O ideal é usar mensagens claras e objetivas. Na dúvida se está conseguindo ser entendido? Chame sua tia ou alguém que não faça parte do mercado digital e peça para que essa pessoa avalie o seu texto. Se esta pessoa entender seu Call To action de primeira você está no caminho certo!  

Invista na aparência do Call to Action

A aparência visual é um dos fatores que contribui para a decisão final de compra. Cores quentes estimulam ação direta, já as cores frias são menos atraentes. A cor do texto do botão deve ser sempre diferente do plano de fundo da página para facilitar a leitura do visitante.

Use verbos no imperativo e no indicativo

No modo imperativo a pessoa leva o seu interlocutor a realizar uma ação, expressando o que quer que ele faça.

Exemplo: faça o download.

Os verbos imperativos são bons porque deixam sua mensagem clara, sem dar margem para duplas interpretações.  

Relacione o CTA com seu conteúdo

Parece óbvio, mas o CTA é apenas mais um elemento da sua página de vendas, por isso, ele deve estar relacionado com o que você está falando e utilizar a mesma linguagem. Se você está vendendo um produto o call to action deve direcionar o visitante para concluir a compra, se você está fazendo uma oferta de conteúdo o CTA deve direcionar para o download, já quem está em busca de aumentar o engajamento nas redes sociais pode pedir para curtirem sua página.

Crie urgências

A quinta e última dica é criar urgências. O senso de urgência ou princípio da escassez consiste em convencer o visitante de que ele tem que fazer aquela compra naquele momento, caso contrário não terá uma nova oportunidade. Essa técnica funciona muito em promoções ou vai dizer que você nunca comprou algo que não precisava naquele momento, apenas porque estava com um preço mais atrativo?

Mas cuidado com esse recurso, porque ele só funciona se os visitantes perceberem valor na sua oferta.

Dicas anotadas? Agora, você está preparado para criar um call to action persuasivo para sua audiência. Sempre que precisar você pode voltar para consultar este conteúdo novamente! Não esqueça de deixar um comentário aqui embaixo, contando o que você achou do texto.

Sobre Media Labs

Media Labs é formado por um grupo de profissionais apaixonados por internet que já vivenciou todo o tipo de aventura que você pode imaginar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *